traduzir
Um paciente sendo levado para a sala de emergência por meio de ambulância

Criança pronta

Governador proclama serviços médicos de emergência para o dia da criança

Novo México Governadora Michelle Lujan Grisham emitiu uma proclamação designando quarta-feira, 19 de maio, como Serviços médicos de emergência para o dia da criança.

A proclamação, que vem durante Semana Nacional EMS (16 a 22 de maio), destaca a importância dos serviços médicos de emergência para crianças, mais de 30 milhões das quais recebem atendimento médico de emergência a cada ano.

A proclamação do governador foi solicitada pelo Programa EMS do Novo México para Crianças e Pronto para Crianças, administrado pelo Departamento de Pediatria da Universidade do Novo México, que alcança comunidades rurais e tribais para promover a conscientização de suas próprias habilidades e desafios no tratamento de crianças gravemente doentes ou feridas.

“Em média, apenas 7% de nossas ligações com EMS ou visitas ao pronto-socorro no Novo México são relacionadas à pediatria”, disse Katherine Schafer, gerente de programa do EMS para Crianças do Novo México. “Tratar crianças doentes ou feridas pode deixar até mesmo profissionais de saúde qualificados ansiosos. Reconhecimento de EMS para o Dia da Criança aumenta a conscientização sobre a necessidade de melhorar e ampliar a atenção especializada às crianças."

Os objetivos da iniciativa incluem ajudar os prestadores de cuidados de saúde em comunidades, hospitais e serviços de EMS a melhorar suas habilidades pediátricas e aumentar o conhecimento sobre o tratamento de uma criança em estado de emergência ou ferida.

Também busca expandir a Rede Virtual de Telessaúde Pediátrica Infantil Ready em todo o estado, para oferecer consulta especializada em emergências pediátricas a hospitais, prestadores e pacientes distantes para garantir que cada criança receba o atendimento certo, na hora certa e no lugar certo.

Em sua proclamação, a governadora observou que o objetivo dos serviços médicos de emergência para crianças “é ajudar as comunidades a se prepararem para emergências médicas e traumáticas envolvendo crianças por meio do fornecimento de pessoal de emergência devidamente treinado, ambulâncias suficientemente equipadas, departamentos de emergência prontos para pediatria e bem definidos protocolos e procedimentos de tratamento pediátrico. ”

Categorias: Envolvimento da comunidade, saúde, Faculdade de Medicina, Melhores histórias