traduzir

Biografia

Durante a minha graduação eu pensei que estava destinado à faculdade de medicina. Perto do final do meu bacharelado, percebi que precisava de experiência em laboratório para fazer minha inscrição parecer mais forte para a faculdade de medicina. Entrei no laboratório do Dr. Brian Parr no verão antes do meu último ano. Percebi a beleza da ciência... estava investigando as complexidades do desenvolvimento dos mamíferos e eu era a única pessoa que sabia a resposta para as perguntas que estávamos investigando. Minhas ambições para a faculdade de medicina diminuíram quando comecei a buscar um futuro na ciência. Depois da faculdade, mudei-me para Washington DC com minha futura esposa para cursar ciências no National Institutes of Health. Fui aceito no programa de parceria NIH-George Washington. Meu diploma veio da Universidade George Washington, mas fiz minha pesquisa no NIH. Tive dois grandes mentores Dr. Tim Hales na GW e Dr. David Lovinger no NIH. Com eles aprendi sobre a importância de se cercar de pessoas brilhantes e trabalhadoras. Para o meu pós-doutoramento ingressei no laboratório do Dr. Fernando Valenzuela onde estudei as consequências eletrofisiológicas da exposição fetal ao álcool. Depois disso, tive a oportunidade de fazer parte do Centro de Recuperação e Reparo do Cérebro como gerente do Núcleo Pré-Clínico. Lá, ajudei a estabelecer instalações básicas e desenvolvi meu programa de pesquisa independente, estudando lesões cerebrais traumáticas leves. Agora, como professor assistente, sou um líder de projeto no Centro de Recuperação e Reparo do Cérebro e ainda associado às grandes pessoas do Centro.

Áreas de especialidade

Neurofisiologia
Lesões cerebrais traumáticas leves (mTBIs)

Educação

Pós-doutorado (2016):
Universidade do Novo México
Albuquerque, NM 

Doutorado (2011):
Universidade George Washington
Washington DC

BA (2003):
Universidade do Colorado
Boulder, CO

Conquistas e prêmios

  • Palestrante do Retiro de Estudantes de Pós-Graduação da UNM - 2017
  • Palestrante convidado do Rio Rancho Café Scientifique - 2016
  • Palestrante do Retiro de Estudantes de Pós-Graduação da UNM - 2014
  • UNM, Dia da Neurociência, finalista para apresentação de pôster ao público em geral - 2014
  • Palestrante convidado para New Mexico Café Scientifique - 2013
  • Primeira apresentação oral GWU research day - 2008

Publicações Chave

  • Pinkowski NJ, Guerin J, Zhang H, Carpentier ST, McCurdy KE, Pacheco JM, Mehos CJ, Brigman JL e Morton RA. Lesões cerebrais traumáticas leves repetidas prejudicam o aprendizado de discriminação visual em camundongos adolescentes. Neurobiologia da Aprendizagem e Memória. 2020 (na imprensa). 
  • Pacheco JM, Hines-Lanham A, Stratton C, Mehos CJ, McCurdy KE, Pinkowski NJ, Zhang H, Shuttleworth CW, Morton RA. As despolarizações disseminadas ocorrem em lesões cerebrais traumáticas leves e estão associadas ao comportamento pós-lesão. eNeuro. 2019 de dezembro de 4; 6(6). PMID: 31748237 doi: 10.1523/ENEURO.0070-19.2019. https://www.eneuro.org/content/early/2019/11/20/ENEURO.0070-19.2019/tab-article-info?versioned=true

Gênero

Ele, ele

Idiomas

  • Inglês

Pesquisa

Meu laboratório está interessado no mecanismo celular e fisiológico que está por trás das concussões. Identificamos que as despolarizações de propagação ocorrem nessas lesões e podem desempenhar um papel crítico na disfunção cognitiva e na recuperação. As despolarizações espalhadas são eventos maciços que se propagam através do córtex causando uma redução no fluxo sanguíneo cerebral, uma grande mudança no potencial extracelular e suprimem a atividade cortical de alta frequência (mostrado à direita). Atualmente, estamos investigando o papel das depressões alastrantes na patologia e disfunção cognitiva que estão associadas a concussões repetidas.

Cursos ensinados

  • Neurosciences Journal Club (BIOM 536), Instrutor
  • Neurofisiologia (BIOM 532), Co-Instrutor
  • Métodos em Biologia Celular (BIOM 522), Palestrante
  • Rede de Pipeline de Graduação (BIOM 410), Palestrante