Biografia

O Dr. Nervi é um acadêmico internacional de saúde com ampla experiência em ensino, pesquisa, mobilização de recursos e trabalho com equipes multidisciplinares em ambientes multiculturais. Sua formação acadêmica inclui bacharelado em antropologia social, mestrado em ciências sociais, mestrado em saúde pública, doutorado em antropologia médica e residência no Programa de Treinamento em Saúde Internacional da Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde.

Ela concentrou sua pesquisa em políticas de saúde nacionais e internacionais associadas a sistemas de saúde e reforma de serviços; a importância da participação da comunidade como um fator crítico nessas reformas; a composição, tendências e engajamento da força de trabalho em saúde; e os fatores técnicos e financeiros que fortalecem os sistemas de saúde no país e no exterior. O Dr. Nervi trabalhou em quase todos os países das Américas com universidades, governos, agências bilaterais e multilaterais, comunidades e organizações não governamentais. Ela liderou estudos básicos e implementação de programas e políticas de saúde baseados em evidências e construiu redes de partes interessadas para iniciativas globais de saúde para contribuir para a democratização do conhecimento e para lidar com as iniquidades de saúde que afligem populações carentes, de baixa renda e vulneráveis. Atualmente, ela é professora assistente de sistemas, serviços e políticas de saúde no UNM College of Population Health, onde continua focando seu ensino, pesquisa e serviço comunitário no longo caminho para a equidade e a justiça na saúde local e globalmente.

Áreas de especialidade

  • Sistemas, serviços e políticas de saúde
  • Políticas globais de saúde e reformas setoriais da saúde
  • Avaliação e planejamento estratégico do programa de saúde
  • Alfabetização em saúde e educação para a saúde da comunidade

Publicações Chave

Birn AE, Nervi L. (Re-) Making a People's WHO. American Journal of Public Health. 2020; Vol 110: 9. 352-1353. https://ajph.aphapublications.org/doi/abs/10.2105/AJPH.2020.305806

Versões em espanhol de (Re-) Making a People's WHO: Tradução de Nervi L.
- Construindo uma OMS para la gente. Medicina Social. 2020; Vol 13: 2.
- HIPA, Escola Andaluza de Saúde Pública, Granada, 3 de agosto de 2020.
https://www.hifa.org/rss-feeds/96834259

Versão francesa de (Re-) Making a People's WHO: Re-faire l'OMS pour le people. https://blogs.mediapart.fr/anne-emanuelle-birn/blog/210720/re-faire-l-oms-pour-le-peuple

Versão alemã de (Re-) Making a People's WHO: Die (Wieder-) Herstellung einer WHO für die Menschen. Julho de 2020. https://www.bukopharma.de/index.php/de/8-aktuelles/361-who-fuer-menschen

Soto Mas F, Nervi L. COVID-19 na Terra do Encantamento. Blog científico da Society for Public Health Education (SOPHE), 29 de junho de 2020. https://www.sophe.org/news/covid-19-in-the-land-of-enchantment/

Gravitt P, Rositch A, Jurczuk M, Meza G, Carrillo L, Jeronimo J, Adsul P, Nervi L, Kosek M, Tracy JK, Paz-Soldan V. Sistemas Integrativos Praxis para Pesquisa de Implementação (INSPIRE): Uma Metodologia de Implementação para Facilitar a eliminação global do câncer cervical. Cancer Epidemiol Biomarkers Prev. 2020; Vol 20: 9. 1710-1719. https://cebp.aacrjournals.org/content/29/9/1710

Birn AE, Nervi L. What Matters in Health (Care) Universes: Delusions, Dilusions and Ways to Universal Health Justice. Globalização e saúde. 2019; Vol 15: 0. (Edição especial sobre os determinantes políticos da iniquidade em saúde e cobertura universal de saúde). https://globalizationandhealth.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12992-019-0521-7#ethics

Rodriguez MI (Comissionado), Brito P, Campos F, Nervi L, Rovere M [contribuição igual]. Recursos humanos em saúde como protagonistas dos sistemas de saúde com base na APS. Comissão de Alto Nível da Saúde Universal no Século 21: 40 Anos de Alma-Ata, OPAS / OMS. Relatório do HLC (Grupo 5, Recursos Humanos), Washington DC, setembro de 2019. Espanhol (original) e Inglês. http://iris.paho.org/xmlui/bitstream/handle/123456789/50742/9789275120682_eng.pdf?sequence=16

Birn AE, Nervi L, Siqueira E. Neoliberalism Redux: The Global Health Policy Agenda and the Politics of Cooptation in Latin America and Beyond. Desenvolvimento e mudança. 2016; Vol.47: 4. ttp: //onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/dech.12247/epdf

Iriart C, Nervi L, Schoj V, Rios, B, Castronuovo L. Novos desafios para controlar o consumo de tabaco na América Latina: Comércio internacional e acordos de investimento. Diversitates International Journal. 2015; Vol 7: 2.1-23. http://www.diversitates.uff.br/index.php/1diversitates-uff1/issue/current

Birn AE, Nervi L. Raízes Políticas da Luta pela Justiça Sanitária na América Latina. The Lancet. 2015; Vol 385: 14.1174-1175. http://download.thelancet.com/pdfs/journals/lancet/PIIS0140673614618444.pdf?id=eaa78AEMtMO8nbVmqrEKu

Birn AE, Nervi L. Las Raíces Políticas de la Lucha por la Justicia en Salud en América Latina II. [Raízes políticas da luta pela justiça sanitária na América Latina II]. Social Medicine Journal. 2014; Vol 9: 3. 251-255. ttp: //socialmedicine.info/index.php/medicinasocial/article/view/850

Nervi L. Acerca de los Procesos de Cooperación Internacional en Salud y sus Problemas. [Sobre os processos de cooperação internacional em saúde e seus problemas]. Diversitates International Journal. 2014; Vol 6: 1. ttp: //diversitatesjournal.wordpress.com/vol-06-n-01-2014/

Nervi L. Mais fácil dizer do que fazer em saúde global: um vislumbre dos desafios não financeiros na cooperação internacional. GESPAM Equilibri, 2014. http://www.peah.it/2014/02/easier-said-than-done-in-global-health-a-glimpse-at-nonfinancial-challenges-in-international-cooperation/

Chiriboga D, Buss P, Birn AE, Garay J, Muntaner C, Nervi L. Investing in Health. Correspondência. The Lancet. 2014; Vol 383: (9921): 949. http://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(14)60473-6/fulltext

Idiomas

  • • Inglês • Espanhol • Português (conhecimento prático) • Italiano (conhecimento prático)

Pesquisa

Os princípios que norteiam a abordagem de pesquisa e cooperação de Nervi com a América Latina, região de sua especialidade, baseiam-se no reconhecimento da diversidade e heterogeneidade da região; evitando explicações rápidas e superficiais para a complexidade de seus processos históricos e lutas; evite apadrinhar ou idealizar a região; superar abordagens epistemológicas baseadas na alteridade etnocêntrica da América Latina e das populações de descendência latino-americana nos Estados Unidos; reconhecer que a América Latina possui uma forte tradição de produção científica e que seus educadores e pesquisadores são uma fonte contínua de aprendizado e diálogo; e construir relações sustentáveis, simétricas e cooperativas com os povos e instituições da América Latina.

Cursos ensinados

  • Sistemas, serviços e políticas de saúde
  • Sistemas de Saúde
  • Cooperação Internacional em Políticas, Gestão e Tendências de Saúde
  • Saúde Global (estudos independentes)